Google Adwords: como desenvolver estratégias digitais para negócios locais

man sitting at the MacBook retina with site Google on the screen

Para fechar com chave de ouro nossa manhã de palestras no Fórum do Comuninter, teremos a presença de Adriano Nasser, líder do canal de vendas do Google Brasil, e Helbio Silva, diretor da Link Local Adwords. Na palestra Como desenvolver estratégias digitais para negócios locais, os especialistas vão dividir com os participantes do evento as vantagens das campanhas de anúncio no Google, além de compartilhar dicas de como aplicar estratégias segmentadas e eficazes nos negócios.

Os motores de busca, como o Google, apresentam grande capacidade de projeção de marca e geração de oportunidades de vendas. Por meio dos anúncios na plataforma, é possível fazer com que sua marca apareça para o público que já está pesquisando algo relacionado ao seu produto ou serviço, localidade, empresa, segmento, entre outros aspectos. Dessa forma, a empresa ganha visibilidade para um cliente em potencial que já está curioso sobre o assunto que envolve a marca.

 

Mensuração de resultados: caminho para o investimento estratégico

 

As campanhas de anúncios on-line no Google podem ser dirigidas para branding, ao fazer com que a marca apareça a cada vez que o usuário buscar sobre o universo da empresa. Essa visibilidade é muito importante quando a empresa está oferecendo um produto novo, por exemplo, para criar a necessidade do usuário em consumi-lo.

Também pode ter como objetivo a conversão de prospects interessados em produtos do universo da empresa em clientes. É isto, segundo Helbio Silva, que as empresas mais buscam. “Se uma empresa vai investir mais em conversão ou branding depende da estratégia da campanha. Mas, sem dúvida, todas as empresas querem mais vendas para o negócio”, explica.

Qualquer que seja o objetivo, a mensuração de resultados é a principal vantagem nesse tipo de anúncio. “As empresas passaram a investir mais e a controlar melhor os seus resultados, medindo se a estratégia funcionou ou não”, analisa Helbio. Inclusive, a oferta de ferramentas que geram relatórios de resultados de forma integrada aumentou. “Com essa análise, a empresa pode aumentar ou diminuir os investimentos com base nos resultados, que são um dos principais benefícios da área”, enfatiza.

 

Qual o impacto da concorrência no investimento?
 

O Google Adwords tem uma interface intuitiva e permite a criação de anúncios com investimentos a partir de 40 reais, realidade acessível para as pequenas e médias empresas. Devido a facilidade da plataforma, o profissional interno ou gestor pode fazer a campanha sozinho. Contudo, em busca de maior conhecimento e monitoramento constante dos anúncios, muitos empresários contratam agências especializadas.

Também se refere ao investimento o quão concorrido é o enfoque do anúncio. Os motores de busca permitem buscar todo tipo de informação, então, quando você anuncia no Google, é preciso saber que muitas outras empresas têm a mesma intenção. Por conta disso, recomenda-se um investimento adequado ao nível de concorrência pelo mesmo tipo de anúncio.

“O principal passo pra fazer campanhas no Google Adwords é ser competitivo. Se a empresa não é, não adianta investir nisso, pois não vai gerar negócio. Pequena, média ou grande, com atuação local ou nacional, a empresa deve entender o mercado que vai disputar”, enfatiza Helbio. Mais que conhecer o negócio, o especialista valoriza a importância da usabilidade dos sites, do atendimento ao cliente (on-line e off-line) e da abordagem comercial. Essas etapas fecham o ciclo da oportunidade de venda gerada com o anúncio.

 

A segmentação de públicos é uma realidade a seu favor

 

“No Google Adwords, o público-alvo é a empresa anunciante. Quem busca a empresa é o consumidor, ele é que retém o poder de decisão de compra e, assim, é mais criterioso ao comparar uma empresa a outra no Google”, explica. Anunciar no buscador é oferecer algo ao usuário no momento em que ele está interessado no produto. “O Google conecta a necessidade: reúne a intenção do usuário com quem pode atender a fornecer algo”, conclui.

Além de ter presença on-line, a empresa precisa conhecer bem o seu consumidor. E, com dados, o anunciante pode restringir uma área específica para atingir esse usuário. “No Brasil, a segmentação por localização acontece por cidade, raio da cidade ou uma determinada região que possa ter interesse por seu produto”. Helbio esclarece que a segmentação traz oportunidades de negócio para as empresas, independente de onde ela esteja sediada. “É possível fazer uma campanha dirigida ao local de interesse. Nos casos de exportação, por exemplo, por meio do Google a empresa atinge o público que busca seu produto no país em questão”, conclui.

 

Informações gerais
Adriano Nasser e Helbio Silva participarão do Fórum do Comuninter com a palestra “Como desenvolver estratégias digitais para negócios locais”. O Fórum do Comuninter será realizado no dia 4 de outubro, das 8h às 18h, no Shopping Iguatemi São José do Rio Preto. Participe!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>